Melhor fingir de morto - Cápsula #08

Ilusão de ótica, as novidades da Apple, o pastrami de 100 milhões de dólares e um mangusto fingindo de morto.

A Dica: Ganhe alguns centímetros a mais de altura sem precisar de hormônios

Dica da Nióbio

Qual o arco maior, o A ou o B? Nenhum do dois!

Nosso cérebro é ruim com tamanhos e distâncias! Quando olhamos para alguém, não conseguimos precisar se a pessoa tem 1,70m ou 1,75. O cérebro avalia o entorno e processa o seu tamanho com base no ambiente, na forma e nas pessoas com quem já interagimos. Ou seja, avaliamos relativamente se é alto ou baixo, "maior que" ou "menor que".

Não é possível ganhar 5cm a mais, mas é possível aparentar aos outros 5cm a mais. Por isso separamos 4 passos para você parecer mais alto com suas roupas.

Não aparente ser baixo


1. Tudo o que você precisa saber sobre os novos lançamentos da Apple

Tecnologia da Semana

Foram vários os anúncios do último evento (20/4) de lançamento da Apple. Fizemos um agregado de todos para você ficar por dentro:

O novo, colorido e muito mais fino: iMac

  • Muito rápido: Agora com o novo e impressionante processador da Apple M1

  • 50% mais fino: Com apenas 11.5mm de largura

  • 4.5k Retina display: 11.3 milhões de pixels, mais de 1bi de cores e tecnologia que ajusta as cores dependendo da luz da sua casa

  • Várias cores: 7 cores diferentes, para combinar com seu iPhone

  • Feito pro home office: Um combo novo de hardware e software para a câmera e o microfone ficarem melhores nas videoconferências

O AirTag para nunca mais perder suas chaves

Os AirTags são pequenos dispositivos para você prender nos seus pertences e localizar com facilidade pelo celular. Imagine você poder buscar suas chaves, mochila e/ou carteira igual ao seu celular pelo aplicativo "Buscar iPhone". Os Airtags serão vendidos individualmente ($29) ou em pacotes com 4 ($99).

O novo Ipad Pro: cada vez mais próximo de substituir os laptops

50% mais rápido que a versão anterior, é o primeiro iPad a adotar a linha de processadores M1. A mesma dos novos MacBook, Mac mini e iMac. Deixa mais clara a estratégia da empresa de distanciar da linha dos iPhones e aproximar dos MacBooks.

Outros lançamentos:

  • Agora você pode comprar o iPhone 12 na cor roxa (para combinar com as do novo iMac)

  • Com o Apple Card Family será possível criar uma conta de crédito compartilhada para a família inteira

  • A Apple Podcasts agora suporta assinaturas, dando aos criadores de conteúdo a possibilidade de monetizar seu conteúdo

  • A Apple TV 4K está mais poderosa e agora tem um novo controle remoto com um scroll wheel semelhante ao dos antigos iPods

Nem todo mundo gostou das novidades...

Alguns concorrentes já estão preocupados. A Tile (concorrente do AirTag e líder de mercado), o Spotify e o Match Group (dona no Tinder) testemunharam no Congresso dos Estados Unidos sobre possíveis problemas de antitruste. Nós entendemos, não deve ser um bom sentimento ver a empresa mais lucrativa de smartphone, tablet, laptop, desktop, smartwatch e fones de ouvido wireless dizer que vai entrar no seu mercado.


2. Restaurante mais valioso do mundo

Estilo de Vida da Semana

Imagine uma empresa avaliada em 100 milhões de dólares. Quanto ela deve faturar por ano? 35 mil dólares é um bom valor? Pois é...

Nos últimos meses, as ações da Hometown International Inc atingiram o valor de mercado de $100 milhões. O único problema, é que ela só é dona de uma pequena delicatesse de Nova Jersey chamada Your Hometown Deli. Somando seus últimos dois anos, sua receita foi de apenas $35.748.

A maluquice não para por aí. O maior acionista é também seu CEO, CFO, tesoureiro e diretor. Além de treinador de luta corpo a corpo da escola de ensino médio ao lado do estabelecimento.

"O pastrami deve ser incrível!"

Disse, em tom irônico, David Einhorn, o gestor do fundo de investimento Greenlight Capital. Em sua carta trimestral aos acionistas, Einhorn usou a loja como um exemplo para o momento estranho que o mercado americano está vivendo. Alertando os investidores para não acreditarem em altas milagrosas.


3. As vezes a melhor estratégia é não fazer nada

Comportamento da Semana

Dos mecanismos de defesa da natureza, um dos mais criativos é fingir de morto. A arriscada estratégia está presente em todo o reino animal, desde os mamíferos até os insetos.

Fingir de morto é usado na natureza com três objetivos:

  1. Sobrevivência: São poucos os predadores que se alimentam da animais já mortos. O risco é alto, já que a causa da morte pode ter sido por alguma doença ou envenenamento. É o principal motivo para termos tantos atores na natureza. O mais famoso deles, provavelmente, é o gambá.

  2. Conseguir comida: Você finge de morto e espera algum animal faminto vir comer seus restos. No primeiro contato, acorda e o ataca. É assim que algumas espécies de peixes caçam, como badejo-mira, do litoral brasileiro.

  3. Para fazer ou fugir de sexo: As fêmeas da aranha teia de berçário caçam os machos. Logo, para procriar, o macho pega comida, se amarra a ela e finge de morto. A fêmea arrasta a comida e o "morto" para o ninho. Quando ela começa a comer, o macho acorda e tenta copular.

Não vivemos mais os desafios da vida na natureza, mas tem vez que compensa "fingir de morto" e não fazer nada. Quem nunca fingiu que estava dormindo para evitar alguma coisa?! O mesmo serve para momentos em que o mercado apresenta alta volatilidade sem nenhum motivo claro: melhor não vender nada e manter na sua carteira as empresas em que acredita. O mesmo vale para evitar uma discussão se fingindo de bobo ou surdo. Em qual outra situação não agir pode te trazer benefícios?